domingo, 19 de maio de 2013

Escritores da Liberdade



Título Original:  Freedom Writers
Título no Brasil:  Escritores da Liberdade
Direção: Richard LaGravenese
Produção: Danny DeVito, Michael Shamberg, Stacey Sher
Roteiro: Richard LaGravenese
Fotografia: Jim Denault
Trilha Sonora: Mark Isham, RZA
Duração: 123 min.
Ano: 2007
País: EUA
Gênero: Drama
Estúdio: Paramount Pictures / MTV Films / Jersey Films
Classificação: Livre


O filme conta a história da professora Erin Gruwell que começa a dar aulas em uma turma de alunos problemáticos que são divididos em gangues e etnias. A professora novata decide ajudá-los, mesmo não contando com a ajuda dos outros professores e da direção da escola.

Erin Gruwell começou a fazer algumas atividades na tentativa de envolver os alunos a fim de que estes se identificassem e tivessem maior interesse pelas aulas. Ela criou um projeto para que seus alunos lessem “O Diário de Anne Frank” e que, após a leitura, fizessem seu próprio diário, contando tudo que quisessem: seus sentimentos, pensamentos, o que já havia se passado na vida deles, o que sonhavam.
Ao ler os diários, Erin reforçou a ideia de não desistir de seus alunos e como a escola não emprestaria nenhum livro a eles, ela arrumou um segundo emprego para comprar os livros e depois um terceiro emprego para pagar as viagens culturais com a classe.
Depois que os alunos leram o livro “O Diário de Anne Frank”, ela pediu que eles escrevessem uma carta para a mulher que protegeu Anne Frank. Os alunos ficaram empolgados e arrecadaram fundos para pagar as despesas da mulher.
Os alunos uniram suas histórias e fizeram um livro.

Opinião
O surpreendente deste filme não é somente o fato de ser baseado em fatos reais, mas a profundidade da reflexão que nos remete a história da educadora que fez a diferença, e dos educandos, que tanto ensinaram e aprenderam.
Disposta a superar os desafios a professora inexperiente, porém cheia de convicções  luta contra um sistema tradicionalista de ensino, contra uma direção e colegas fechados, dispostos a continuarem sua prática meramente bancária.
Como se não bastasse à classe em que deve atuar é composta de alunos problemáticos, com histórico de violência e indisciplina.
Com a intenção de fazer o seu trabalho da melhor maneira possível a professora enfrenta as dificuldades a fim de concretizar seu objetivo. Com paciência e competência ela faz o que poucos se atreveriam e de uma maneira empolgante envolve os alunos e lhes ensina o poder do coletivo. E o grupo que antes se dizia dividido, une-se para viver uma experiência que ganharia o mundo todo. (O livro Escritores da Liberdade foi lançado, mas até pouco tempo não havia tradução para a língua portuguesa).
Através do filme é possível vislumbrar o fazer com excelência, e a paixão que existe em alguns educadores.
É um filme que deve ser visto por todos e obrigatoriamente por cada educador, a fim de que reflita sobre sua prática e sobre o sistema não só de ensino, mas de sociedade a que estamos inseridos.
São muitas histórias resumidas neste trabalho, e a certeza de que é possível, sim, fazer a diferença onde estamos.
Classifico o filme como incrível, e recomendo muito, para todos!

Trailer


25 comentários:

  1. Amei esse filme!
    Seu resumo é perfeito!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Laís! Volte mais vezes ;)

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  2. Este file retrata a realidade de nossas salas de aula e a falta de perspectivas de nossos alunos, assim como o descaso de nossos governantes em relação a educação!

    ResponderExcluir
  3. emocionante, o filme nos remete a realidade de nossas salas de aula, e nos emociona com a mudança de comportamento que o indivíduo tem ao se sentir amado e valorizado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, Vany. O filme, embora vindo de outro contexto, não está distante da realidade de algumas (muitas) escolas brasileiras.
      É um filme que nos faz refletir em nossas atitudes como cidadãos, e como cidadãos educadores.
      Volte mais vezes!!!

      Excluir
    2. Verdade, Vany. O filme é um alento e estímulo para nós, educadores!!

      Excluir
  4. Ameeeeeeeeeei. Ajudou muito com minhas trefas. Sua Linda,casa comigo ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que a resenha pode ajudá-lo!
      Volte sempre que desejar.

      Excluir
  5. Muito bom o filme me ajudou muito obrigada.

    ResponderExcluir
  6. Olá, Andreia! Sou professora de Português e vou assistir ao filme com meus alunos do oitavo ano. Após algumas atividades de discussão sobre ele, convidarei a turma a visitar seu blog para lerem a resenha e deixarem comentários. Acredito que será um trabalho interessante. Abraço, Caroline

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal seu projeto de aula! Será um prazer poder ajudar no seu trabalho com os alunos!

      ;)

      Excluir
  7. muito obrigado me ajudou muito com meu trabalho de português , o projeto era escolher um filme literário ou não para fazer uma resenha, como nunca tinha feito precisava de uma noção e esse blog me ajudou muito, muito obrigado. Além de eu ser fã desse filme perfeito <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gosto muito deste filme! Inspirador!

      Excluir
  8. Nossa resenha perfeita assisti o filme 2 vezes e amei muito legal o filme;essa resenha me ajudou muito obg

    ResponderExcluir
  9. MUITO BOM SAO COISAS QUE ACONTECE NO NOSSO COTIDIANO
    PARÁBENS OTIMA RESENHA....

    ResponderExcluir
  10. Posso passar esse filme para quinto ano??? Eles estão trabalhado neste trimestre o gênero textual Resenha...e gostaria de passar esse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Segundo as informações, a classificação do filme é livre. Sendo assim pode passar para seus alunos.
      Mas se já não fez, sugiro que assista ao filme na íntegra.
      😀

      Excluir