quarta-feira, 15 de maio de 2013

Rio






Direção: Carlos Saldanha

Produção: Bruce Anderson John C. Donkin

Roteiro: Don Rhymer, Joshua Sternin, Jeffrey Ventimilia, Sam Harper, Carlos Saldanha, Earl Richey Jones, Todd Jones

Fotografia: Renato Falcão

Trilha Sonora: John Powell

Duração: 105 min.

Ano: 2011

País: EUA

Gênero: Animação

Distribuidora: Fox Film

Estúdio: Blue Sky Studios / Twentieth Century Fox Animation

Classificação: Livre

                                      



Rio conta a história de Blu, uma arara azul, vítima da  Bio-Pirataria do Brasil. Quando era apenas um filhote, Blu foi capturado e derrubado, por acidente, em Minnesota, Estados Unidos. Linda, na época apenas uma garotinha, o acha e decide cuidar dele. Eles viram os melhores amigos e Linda cresce para se tornar dona de uma biblioteca. Blu, é o típico animal de estimação mimado, e como foi acolhido pela menina desde pequena, não aprendeu a voar.

Quinze anos depois de Blu aparecer na porta de Linda, Túlio, um cientista carioca, aparece em busca da Arara. Blu é o último macho da espécie, e Túlio tem, engaiolada, a última fêmea da espécie, Jade. Então Túlio requisita, encarecidamente, que Linda vá para o Rio com Blu, a fim de reproduzir os dois e dar uma chance para a espécie. Depois de muito pensar, Linda decide ir para o Brasil com Blu.

Jade é uma Arara selvagem, desconfiada de humanos, e decide fugir. Entretanto, antes de que ela tenha sucesso, as duas Araras são capturadas por contrabandistas e Algemadas juntas. O maior efeito complicador de tudo, é que Blu não sabe voar.

Rio dá ao Rio de Janeiro, palco do filme, uma idéia bem humorada, sobretudo por ser época de carnaval, utilizando-se do festejo, para dar a idéia de alegria em relação ao povo brasileiro, mostrando com as praias, o cristo e outros pontos turísticos  as belezas do país, sobretudo do Rio de Janeiro.

O enredo criativo, junta aventura, perigo e romance.




Opinião

É um filme agradável, para toda a família. Rio, mais que mostrar um pouco das belezas do país e sobretudo da cidade em questão, é também uma crítica ao contrabando de animais e as conseqüências que isso traz não só a eles, mas também as pessoas que se envolvem neste processo.

Rio nos faz pensar e propicia uma boa analogia sobre a nossa própria vida, não apenas no sentido de cuidado com as espécies, mas também de cuidado conosco, e sobre onde temos ido, e se o fato de nos mimarmos com presentes comprados muitas vezes por nós mesmos, nos acomodam a ponto de jogarmos fora a chave da porta de entrada...

Blu não voava porque foi arrancado de seu mundo natural muito cedo. E isso, para mim, é a grande crítica do filme e o que marcou.

Recomendo o filme. Embora leve não deixa de alfinetar certos comportamentos humanos, como a ganância, o medo e o apego.

E que venha o 2!




16 comentários:

  1. Qual e a duraçao certa ? por que em um site eu vi que era um tanto e aki eu vi que e outro tanto

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado não tinha feito a resenha que a ecola pediu pesquisei achei o site usei essa resenha como template

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também, a Prof mandou a gente fazer uma resenha de um filme, também não encontrei nenhuma!

      Excluir
  3. por favor, queria saber o final do filme.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o final e simples o blu aprende a voar e a jade e ele se casam e eles tem filhotes

      Excluir
  4. meu isso me ajudou como tarefa escolar muito bom a resenha e o filme

    ResponderExcluir
  5. sorte veio o dois agora quero o tres

    ResponderExcluir
  6. legal sera queno tres todas as araras vao para o Rio

    ResponderExcluir
  7. Esta resenha, é de muito grande valia! Parabéns, ajudou muito no trabalho de escola de minha filha! Grato

    ResponderExcluir
  8. Andreia vc pode me dizer por favor qual desses itens se encaixa no filme? intolerancia, ecologia, ecossistema, meio ambiente, ciclo da vida, equilibrio eclogico , saude,natureza desmatamento recurssos natutrais, globalizaçaõ, poluiçaõ e outros

    ResponderExcluir